BLOG

  • Funerária San Matheus

Como ocorre o processo de cremação e onde posso fazer em Brasília?

A prática da cremação é milenar. Desde a Grécia antiga já se praticavam rituais que envolviam a cremação dos corpos. Na sociedade atual, a prática se torna cada vez mais comum, e o número de brasileiros que são cremados após a morte já chega a 5%. Afinal, essa é uma opção mais ecológica e até mais barata do que o sepultamento comum. Se você quiser saber mais sobre o processo de cremação e onde fazê-lo em Brasília, acompanhe esse texto conosco.


O que é preciso para ser cremado?


Se a pessoa deseja ser cremada, uma forma de garantir esse desejo é fazer uma Declaração de Vontade ainda em vida. Com esse documento, fica mais fácil para a família seguir os passos necessários para a cremação. Mas o mais importante é que os familiares de primeiro grau também podem autorizar.


Por via de regra, a cremação ocorre pelo menos 24 horas após o óbito. É necessário o atestado de óbito que constem duas assinaturas de médico ou do médico legista para realizar o procedimento. Além disso, é preciso apresentar o RG e a certidão de nascimento ou casamento do falecido para lavrar o óbito.

Em casos de morte violenta (suicídio, homicídio ou desastres, por exemplo), a cremação também é possível. Contudo só pode ser feita mediante declaração do IML de que não há objeções à cremação e autorização judicial.


Como acontece o processo de cremação?


Com os trâmites legais resolvidos, é possível dar início ao processo de cremação. O velório pode ser feito da maneira tradicional, a diferença começa com o destino ao qual o caixão é levado após as últimas homenagens.

Em vez de ser levado para o jazigo como no sepultamento, o caixão é levado até uma sala de última despedida, e finalizada a cerimônia, o caixão é levado para câmara fria até que seja iniciado o processo de cremação propriamente dito. Se necessário o corpo pode ficar refrigerado pelo tempo que for necessário.

Ao levar o corpo para o forno, o operador retira todos os pertences de metais que estiverem com o falecido, e as alças de metal do caixão também. É importante saber que cada processo de cremação é único por respeito ao falecido e seus familiares. Na câmara, o corpo é submetido a temperaturas de até 1.200º C por um período entre 1 e 3 horas. No Brasil existem crematórios que permitem que a família assista esse processo, mas a grande maioria o fazem de forma fechada, por respeito aos familiares e regulamento interno. É preciso se informar antes de todo o procedimento.

Com o processo terminado, as cinzas são entregues à família, que então pode decidir o que fazer com elas. O falecido pode deixar explicitado em vida os seus desejos a esse respeito, como espalhar em algum lugar querido, por exemplo.

Existem muitas homenagens bonitas que podem ser feitas ao falecido. Um exemplo é usar as cinzas para criar uma pintura em homenagem ao seu ente querido, por exemplo. Também é possível transformar as cinzas em um diamante, ou despojar as cinzas de um helicóptero. Hoje em dia, as opções são inúmeras e a funerária San Matheus trabalha com essas opções.


Onde ser cremado em Brasília?


O Distrito Federal tem algumas opções de lugar para realizar a cremação. A que conta com a melhor infraestrutura é o Cemitério Campo da Esperança, que utiliza o forno crematório do Jardim Metropolitano através de funerárias em Brasília para execução do serviço.

Além de oferecer o serviço de cremação, o cemitério tem salas para realizar o velório e templos para cerimônias. Com o serviço funerário San Matheus, você fica garantido desde o velório até a entrega das cinzas em domicilio, cuidamos de todo o processo.

Ficou interessado nas nossas opções de cremação? Então entre em contato pelo (61) 4042-7199 para saber mais sobre os nossos planos. Caso queira ficar atualizado das nossas novidades, inscreva-se no nosso newsletter.

Telefone Funerária San Matheus

Copyright © 2020 Funerária San Matheus
 

E-mail Funerária San Matheus